Caril de Batata-Doce e Erva Limão

Veja também a sua receita publicada no site Receitas de Portugal. Clique AQUI para enviar a sua receita.

Caril de Batata-Doce e Erva Limão

Caril de Batata Doce com Erva-Limão (Lemongrass)

♠♠♠♠ 4 pessoas

Ingredientes:

  • 8 batatas doces
  • 1 cc pimenta preta em grão
  • 200 ml de leite de côco
  • 100 g de côco ralado
  • 1 cebola grande
  • 5 colheres de sopa de lemongrass em pó
  • 2 malaguetas vermelhas
  • 1 cs raiz de gengibre ou galangal
  • 2 cc sementes de coentros
  • 1 fio de azeite ou óleo de côco
  • 1/2 cc sal marinho

Como fazer:

Numa frigideira anti-aderente, alourar uma cebola com azeite ou óleo de côco. Dourar também as sementes de coentros. Quando estiver aromatizado, misturar metade do côco ralado. Colocar as batatas doces cortadas aos cubos pequenos. Temperar com sal e pimenta preta e deixar saltear. Colocar em lume brando, tapar e deixar alourar 5 minutos. Colocar depois a raiz de gengibre ou galangal cortada em fatias fininhas. Cortar as malaguetas em bocados pequeninos e juntar também.

Podem ou não tirar as sementes das malaguetas de acordo com o nível de picante que quiserem experimentar. Se quiserem muito picante, deixem as sementes.

Deitar o lemongrass e o leite de côco até tapar as batatas e deixar cozinhar, em lume muito brando por 15 minutos.

Provar novamente os temperos, reajustar e verificar se as batatas estão cozidas mas rijas. Deitar o resto do côco ralado por cima e misturar antes de servir.

Comments

    1. Olá Paulo.

      Caril éu ma palavra utilizada, na culinária Mundial, para definir um prato – que pode ser de carne ou de vegetais – confeccionado com um molho de especiarias fortes nativas.

      Existem centenas de molhos de caril e existe também uma planta comestível que se chama caril, cujas folhas na verdade nem são utilizadas na maior parte das misturas de especiarias de caril já preparadas que compramos no supermercado.

      Por todo o Mundo ficaram populares os pratos de caril indianos e fomos habituados a cozinhar com o “pó de caril” Indiano amarelado dos supermercados – a cor amarela é devida á grande proporção de curcuma, vulgo açafrão das Índias que estas misturas normalmente têem.

      Esta mistura mais comum é no entanto, apenas, uma das centenas de misturas de especiarias ou “caris” que existem pelo mundo. Caril amarelo, caril verde, caril vermelho, caril de masaman, caril seco….entre muitos outros tipos de caril, elaborados com a mais variadíssima combinação de especiarias.

      Esta receita é de um caril de inspiração tailandesa e cambodjana e não utilizamos pó de caril amarelo Indiano. Antes, como em muitos pratos de caril Tailandes, utilizamos, para fazer a nossa “pasta de caril” que aromatizará o prato, especiarias e ervas nativas à parte do Mundo de onde a receita é originária.
      Nomeadamente o lemongrass – um primo direito da “nossa” erva príncipe e o galangal – um primo do mais popular gengibre. Juntamente com o côco ralado, são estes ingredientes que dão o sabor, cor e aroma ao molho, são eles a base desta caril.

      Espero ter esclarecido e que tenha ficado com vontade de experimentar novos sabores de caril.

      No meu blog tem mais receitas desta parte do Mundo.
      Até já,
      Vera

      1. Oi, eu sei o que é caril. Só perguntei porque se esqueceu de adicionar o caril na receita.
        Já estive no Camboja e na Tailândia 2 meses. Até frequentei um curso de culinária Tailandesa e também cultivo o galangal aqui em Portugal.

        Cumprimentos

Responder a Vera Comer Amor Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *