Chefs serviram cozido com mais de 70 enchidos

Todos os dias há acontecimentos positivos em Portugal e no mundo que devem ser destacados: essa é a função do Boas Notícias.

Chefs serviram cozido com mais de 70 enchidos
Foto © Congresso dos Cozinheiros

A Lx Factory acolheu, durante três dias, a 10.ª edição do Congresso dos Cozinheiros. No último dia do evento, esta segunda-feira, foi servido o maior cozido à portuguesa de sempre com mais de 70 variedades de enchidos.

O chef Nuno Diniz (York House Hotel) tem investigado, ao longo de dez anos, “tudo o que tenha a ver com enchidos, fumeiros e comida portuguesa”.

Este trabalho permitiu chegar a 2014 com uma receita que conta com mais de 85 produtos, entre eles mais de 70 enchidos. A este prato, o chef gosta de chamar “Cozido de Portugal”.

Na lista de ingredientes para a confeção deste cozido gigante estava uma diversidade de produtos incluindo alguns aparentemente desconhecidos como a chouriça dos bofes, os maranhos, a cacholeira branca, o chouriço de cebola, a sangueira, a cacholeira, os rabos de porco fumados, o chouriço de abóbora, a farinhota, o chouriço do borralho ou o butelo.

20 tachos e 12 cozinheiros

Foram necessários mais de 20 tachos e 12 cozinheiros para confecionar esta iguaria nacional que demorou três dias a preparar. Segundo fonte da organização do Congresso, estiveram presentes no almoço cerca de 70 pessoas. As entradas para provar este cozido estavam à venda por 35 euros com tudo incluído.

Este ano foi a primeira vez que o Congresso dos Cozinheiros abriu as portas do evento ao público em geral e as entradas esgotaram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.