Vinho branco português eleito o melhor do mundo

23 Jul

Vinho branco português eleito o melhor do mundo
O Campolargo branco de 2011 foi o primeiro vinho português a conquistar esta distinção em 31 edições do concurso. © International Wine Challenge 2014

O vinho português Campolargo Branco 2011 acaba de conquistar o título de “melhor vinho branco do mundo” (IWC Champion White Wine 2012) no âmbito do concurso mundial International Wine Challenge, cujos vencedores foram recentemente anunciados em Londres, Inglaterra.

O anúncio foi feito pela própria empresa responsável pela produção do vinho vencedor, que destaca que o branco Campolargo de 2011 foi o primeiro vinho de mesa português a conquistar o troféu ao longo de um total de 31 edições deste que é o mais antigo concurso de vinhos do mundo.

Os vinhos em competição no International Wine Challenge, que os produtores consideram uma prova “prestigiante e exigente”, são divididos pelas categorias de brancos, tintos, espumantes e generosos.

Numa primeira fase, é atribuída a distinção a apenas um vinho de cada país. Posteriormente, o júri do concurso escolhe o melhor cada categoria entre os melhores dos diferentes países previamente selecionados.

Esta foi a primeira vez que um vinho nacional de mesa foi considerado o melhor de todos os vinhos a concurso, tendo conquistado a medalha de ouro associada ao título de “Champion Trophy” para melhor vinho branco do mundo e melhor branco português.

Em declarações à Lusa, Carlos Campolargo, o produtor do vinho premiado, explicou que se trata de um vinho que se carateriza pela “genuinidade” e que “na prova não é muito aromático, muito mineral e longo na boca, que se pode envelhecer muito bem”.

“Fazemos este vinho como o fazia o meu avô”, confidenciou Campolargo, que acredita que o “segredo” para o prémio está não apenas na sua genuinidade mas também no emprego de processos artesanais para a sua produção e na sorte de a mesma beneficiar de condições climatéricas adequadas.

“Entre o momento em que apanhamos para espumante, em que [a casta cercial] está com uma acidez muito alta e uma graduação provável baixa, e o momento em que está pronto para fazer este nosso vinho, um branco tranquilo, podem passar alguns dias para ter a maturação adequada e se chover lá vai a possibilidade de fazer este vinho”, revelou.

Segundo Carlos Campolargo, para produzir o melhor vinho branco do mundo não são usados quaisquer produtos enológicos – apenas sulfitos que evitam a degradação biológica -, recorrendo-se “à velha técnica de ir à vinha apanhar só o que está maduro, sem ser demasiado, e em condições”.

Mais tarde, na adega, são utilizados “velhos processos”, embora tal não envalide o uso de alguma tecnologia moderna.

Portugal conquistou 12 troféus na competição

O título de melhor vinho branco do mundo não foi a única conquista portuguesa no International Wine Challenge 2014. Os vinhos nacionais, entre vinhos da Madeira, vinhos do Porto, vinhos tintos e vinhos brancos, conquistaram um total de 12 medalhas “num ano de sucesso estelar na competição”, pode ler-se no site oficial do concurso.

“Escolher os vencedores do troféu da Madeira é sempre um dos momentos altos da competição e os vencedores deste ano são belos”, afirmou Charles Metcalfe, um dos responsáveis da prova, em comunicado.

“Os vinhos do Porto são maravilhosos e os tintos e brancos vencedores são excelentes. Portugal teve um ano verdadeiramente espantoso na competição deste ano”, concluiu Metcalfe.

Clique AQUI para conhecer a lista completa de vencedores do International Wine Challenge 2014 (em inglês).

The following two tabs change content below.
Todos os dias há acontecimentos positivos em Portugal e no mundo que devem ser destacados: essa é a função do Boas Notícias.

Poderá também gostar:

* 1 Estrela ** 2 Estrelas ** 3 Estrelas ** 4 Estrelas ** 5 Estrelas * (4 votes, average: 4,75 out of 5)
Loading...


Etiquetas: , ,

Ainda ninguém comentou, seja o primeiro.

Deixe a sua opinião