Italianos elegem melhores pastéis de nata de Lisboa

30 Jul

Italianos elegem melhores pastéis de nata de Lisboa

O portal de viagens Nuok acaba de eleger os três melhores pastéis de nata de Lisboa. O site, em jeito de “blogue”, coordenado pela italiana Alice Avallone, escolheu como preferidos os pastéis da NATA Lisboa, não deixando também esquecidos os genuínos Pastéis de Belém e a Confeitaria Nacional.

“Não é possível dizer que estivemos em Lisboa sem antes termos provado pelo menos um destes pastéis de nata”, escrevem os autores do artigo, explicando o que são, afinal, estes bolos a quem não os conhece: trata-se de “pequenos ‘cestos’ de massa folhada com creme que enchem as janelas de todos os cafés e pastelarias da cidade”, descrevem.

Depois de experimentarem os pastéis de nata (“que terão nascido antes do século XVIII pela mão de monges católicos do Mosteiro dos Jerónimos, em Belém”, contam) de “dezenas e dezenas” de estabelecimentos lisboetas ao longo de várias semanas, os viajantes do Nuok chegaram ao ansiado top 3.

A liderar a lista surgem os pastéis de nata da marca Nata Lisboa, nascida em 2012 e que já conseguiu espalhar as suas lojas por diversos pontos do país, não se limitando à capital. “Na nossa opinião, os melhores pastéis não se encontram em Belém, ao contrário do que dizem os guias turísticos.
Encontrámos os melhores e mesmo no centro da cidade”, afirmam, referindo-se à loja Nata Lisboa da Rua da Prata.

“A massa é fresca, distinta, muito crocante. O creme faz lembrar o sabor do leite creme, provavelmente devido à utilização de natas em vez de leite na receita”, acrescentam, elogiando ainda o local, onde destacam uma citação do poema Tabacaria de Álvaro de Campos.

Sempre com açúcar e canela

De acordo com os autores do Nuok, colocar os Pastéis de Belém da Fábrica dos Pastéis de Belém em segundo lugar é apenas “uma questão de gosto”. “São mais cozinhados, o creme é mais compacto e pesado”, mas são igualmente “excecionais” e também o ambiente do espaço é “muito amigável, com um constante entra e sai de pessoas”.

A fechar o pódio aparecem os pastéis de nata da Confeitaria Nacional, também no centro de Lisboa, “muito acima da média” em termos de qualidade, apesar de “a maioria estar ligeiramente queimada por cima, o que conduz a um sabor caramelizado” não tão apreciado pelo grupo.

Em qualquer dos casos, conclui o artigo, o preço desta iguaria em qualquer estabelecimento é sempre “ridiculamente baixo”. E, claro, “independentemente da escolha, há que pedir os pastéis de nata sempre quentinhos e com açúcar e canela”.

Clique AQUI para aceder ao artigo publicado no Nuok (em italiano).

The following two tabs change content below.
Todos os dias há acontecimentos positivos em Portugal e no mundo que devem ser destacados: essa é a função do Boas Notícias.

Poderá também gostar:

* 1 Estrela ** 2 Estrelas ** 3 Estrelas ** 4 Estrelas ** 5 Estrelas * (11 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...


Etiquetas: , ,

Ainda ninguém comentou, seja o primeiro.

Deixe a sua opinião