The Guardian elege os melhores restaurantes de Lisboa

2 Jul

The Guardian elege os melhores restaurantes de Lisboa

Que Lisboa está na moda, não é segredo para ninguém: há cada vez mais artigos na imprensa estrangeira a elogiar a capital. Agora foi a vez do jornal britânico “The Guardian” publicar uma seleção de alguns dos melhores locais para comer e beber na cidade.

O Time Out Mercado da Ribeira lidera a lista da crítica de gastronomia Isabel Choat. Localizado no tradicional Mercado da Ribeira, o mais recente espaço lisboeta acolhe 35 quiosques que vendem produtos regionais, “desde queijo de Azeitão, pratos do Alentejo, pastéis de nata da premiada pastelaria Aloma até aos enlatados da Conserveira de Lisboa e aos vinhos da Garrafeira Nacional”, explica a autora do artigo.

A famosa Cervejaria Ramiro, no Intendente, também merece referência. “Este é o lugar para saborear o fantástico marisco que Portugal oferece. Aquários de vidro mostram camarões tigre, caranguejos, lagostas e, como não poderia deixar de ser, as clássicas amêijoas e os percebes”, pode ler-se no artigo assinado por Isabel Choat no “The Guardian”. A crítica menciona ainda “os pregos que costumam ser pedidos depois dos mariscos”.

Outro restaurante referenciado é o Decadente, no Bairro Alto. O espaço é descrito como sendo um sítio “vintage, frequentado por locais que não querem gastar muito dinheiro”. O Decadente fica num dos mais conhecidos ‘hostels’ de Lisboa: o Independente.

Na lista figura ainda o Cantinho do Avillez, que pertence ao famoso chefe José Avillez, também proprietário dos espaços Belcanto e do Mini Bar. A relação qualidade-preço é destacada por Isabel Choat, que se deliciou com um prato de atum e outro de“camarões frescos”. Os preços variam entre os 8,75 e os 10,50 euros à hora de almoço e a partir dos 17, 25 euros ao jantar.

Entre os 10 melhores espaços para comer e beber em Lisboa eleitos pelo “The Guardian” está também o Tágide Wine and Tapas Bar. Situado no andar de baixo do restaurante com o mesmo nome, o espaço serve tapas e vinhos. As amêijoas à bulhão pato e os pastéis de nata com gelado de canela estão entre as sugestões de Isabel Choat para quem por aqui passa.

Os restaurantes Atira-te ao Rio (em cacilhas), o SeaMea (no chiado) e À Margem (em Belém) estão também entre as recomendações que a crítica faz aos seus leitores. Isabel Choat destaca ainda a qualidade dos vários quiosques espalhados pela cidade e o facto de que em cada bairro existe sempre um churrascaria.

A referência mais inesperada que a crítica de gastronomia faz no artigo é, talvez, a “Cantina das freiras”, gerida por uma associação da Igreja Católica . Localizada na “escondida” Travessa do Ferragial (no Chiado), a cantina é um espaço ‘secreto’ dos alfacinhas, frequentado sobretudo por estudantes e trabalhadores locais. Os preços são acessíveis – 6,50 euros o prato pricipal com direito a sopa ou sobremesa.

Clique AQUI para saber mais.

The following two tabs change content below.
Todos os dias há acontecimentos positivos em Portugal e no mundo que devem ser destacados: essa é a função do Boas Notícias.

Poderá também gostar:

* 1 Estrela ** 2 Estrelas ** 3 Estrelas ** 4 Estrelas ** 5 Estrelas * (5 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...


Etiquetas: , ,

Ainda ninguém comentou, seja o primeiro.

Deixe a sua opinião