Fast-food: Marca americana elege ketchup português

17 Mai

Fast-food - Marca americana elege ketchup português

Os hambúrgueres dos restaurantes McDonald’s em Portugal começaram, em Março, a ser servidos com ketchup português. O molho é fornecido pela empresa Italagro, do Grupo HIT (Holding da Indústria Transformadora do Tomate) que, só este ano, vai vender à multinacional de fast-food 1.000 toneladas de ketchup, um negócio avaliado em cerca de um milhão de euros.

Embora tenha arrancado há mais de um mês, a nova parceria entre as duas empresas só foi apresentada esta quarta-feira durante um evento que contou com a presença da Ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas. Em declarações à Lusa, a governante afirmou que este compromisso é “um sinal muito positivo”.

“Temos um sector [agrícola] vivo, dinâmico, e a procurar novas formas de se mostrar e de se afirmar”, congratulou-se a ministra. “Aqui, o que vemos é uma boa relação entre a produção, no caso de tomate, com a restauração, com a McDonald’s, onde todos os pacotinhos de ketchup serão portugueses, com tomate das nossas terras e dos nossos agricultores”, salientou.

Assunção Cristas sublinhou, ainda, o facto de este negócio abrir as portas à exportação do ketchup português. “Neste momento, o ketchup será para todos os restaurantes portugueses, mas, a prazo, até pode ser para todos os restaurantes europeus ou, quem sabe, do mundo, porque é possível depois encetarmos essa exportação”, notou.

Para tornar possível a celebração deste acordo, a Italagro, com sede em Castanheira do Ribatejo e cujo tomate fresco provém de 240 produtores nacionais, desenvolveu exclusivamente para a McDonald’s uma nova linha de produção de ketchup, que permitiu a criação de 24 novos postos de trabalho.

Além do encaixe financeiro e da promoção do emprego, a parceria com a McDonald’s Portugal significa para a HIT uma oportunidade de expansão da Italagro. “Isto abre-nos a porta para começarmos a expandir a empresa e a fornecer a outros países a partir de Portugal. Portanto, é um potencial grande”, considerou Martin Stilwell, presidente da HIT.

Atualmente, o Grupo HIT tem duas fábricas de transformação de tomate em Portugal e processa mais de 300 mil toneladas de tomate por ano, exportando quase toda a sua produção para outros países da Europa, assim como para o Médio e o Extremo Oriente.

Ketchup português poderá chegar a outros mercados

A McDonald’s, que tem 139 restaurantes em Portugal, assume como um dos seus principais compromissos o apoio aos produtores portugueses para o desenvolvimento da economia e da agricultura do país, trabalhando já com 30 fornecedores nacionais, que representam mais de um terço das compras realizadas pela multinacional em território português.

Segundo Mário Barbosa, diretor-geral da McDonald’s Portugal, o contrato com a Italagro é uma janela aberta para outros negócios, já que, quando é certificado pela multinacional, um fornecedor fica imediatamente qualificado para poder trabalhar noutros mercados.

“Existe aqui a possibilidade, e nós vamos trabalhar para que isso aconteça, de esta empresa nacional, que nos vai fornecer o ketchup, a Italagro, poder fornecê-lo a outros mercados num futuro próximo”, admitiu o responsável.

The following two tabs change content below.
Todos os dias há acontecimentos positivos em Portugal e no mundo que devem ser destacados: essa é a função do Boas Notícias.

Poderá também gostar:

* 1 Estrela ** 2 Estrelas ** 3 Estrelas ** 4 Estrelas ** 5 Estrelas * (5 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...


Etiquetas: ,

Ainda ninguém comentou, seja o primeiro.

Deixe a sua opinião