Brasil: Azeites portugueses no pódio de concurso mundial

28 Nov

Brasil - Azeites portugueses no pódio de concurso mundial

Dois azeites portugueses foram distinguidos na 7ª Expo Azeite 2013, que decorreu a 10 e 11 de Setembro, em São Paulo, no Brasil. Entre 85 azeites da Europa e América do Sul postos a concurso, o Azeite Principal e o Magna Olea, foram eleitos primeiro e terceiro classificados da competição, na categoria Campeões da Europa.

A medalha de ouro foi atribuída ao Azeite Principal, da Idealdrinks, com sede em Coimbra, depois da avaliação dos jurados, entre os quais se encontrava Paula Lopes (de Portugal), Patricia Galasini e Edna Bertoncini (do Brasil) e Enrique Garcia e Elena Vecino (de Espanha).

Em comunicado, Carlos Lucas, responsável pela Idealdrinks, refere que “este é o resultado de quem quer fazer o melhor azeite do mundo”, tendo recebido a notícia do prémio do primeiro lugar do Azeite Principal – o “ouro líquido” da propriedade Colinas de São Lourenço -, no concurso internacional de azeites do Brasil, “com enorme satisfação”.

Já o azeite virgem Magna Olea, de Mirandela, que conseguiu o terceiro lugar do pódio, é apresentado pelo fabricante como tendo um tempero “frutado, aromático, com azeitonas verdes e erva fresca, que impõe a sua presença com uma ligeira sensação de amargo a abrir a boca, dando depois espaço a uma exótica mistura de sabores, com notas de maça, banana, tomate, frutos secos, terminando com um moderado mas persistente picante”.

O segundo lugar do pódio europeu foi para o azeite espanhol La Cultivada. Os campeões da América do Sul foram todos do Chile: em primeiro lugar o azeite Oro Verde; em segundo o Vale Fértil; e, em terceiro, o Nova Oliva.

The following two tabs change content below.
Todos os dias há acontecimentos positivos em Portugal e no mundo que devem ser destacados: essa é a função do Boas Notícias.

Poderá também gostar:

* 1 Estrela ** 2 Estrelas ** 3 Estrelas ** 4 Estrelas ** 5 Estrelas * (7 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...


Etiquetas: ,

Ainda ninguém comentou, seja o primeiro.

Deixe a sua opinião